sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

haikai

I.
Sob a névoa da manhã
a teia de aranha
filigrana de prata.

II.
No inverno
azul anil no céu
branco arminho na terra.

III.
É primavera
madrugada dentro
poesia de pássaros.

PM

2 comentários:

Germano Xavier disse...

Eu cada dia mais admiro bons haicais...

Petra Maré disse...

Obrigada Germano, pela sua visita.